Eu gostaria de saber mais sobre os serviços da Gravity

de leitura

10 coisas que você precisa aprender sobre tráfego pago

Aléxia
Por Aléxia
Ilustração pessoas trabalhando

Para começar, precisamos entender o que é o tráfego pago, que de uma visão bem ampla,  é criar anúncios na internet que vão aparecer para milhares de pessoas, com o tráfego pago, é possível alcançar um maior número de pessoas e gerar vendas para o seu negócio. 

Além de ser uma alternativa que complementa as estratégias do marketing de conteúdo. Existem diversas ferramentas que fazem esse trabalho, que possibilitam gerar anúncios em muitas plataformas. 

Vamos explicar de forma bem detalhada como funciona o tráfego, os benefícios e tudo o que precisa saber sobre ele para alavancar suas vendas. 

 1 - Como funciona o tráfego pago 

Antes de tudo, é necessário explicar a parte técnica do tráfego.

Precisamos entender como os anúncios são feitos, existem dois tipos: CPC (Custo por clique) e CPM (Custo Por Mil Impressões), cada uma com uma funcionalidade diferente para você alcançar o seu objetivo. 

CPC - É mais indicado para aqueles que querem levar tráfego real para sua página, já que você vai pagar só pelos cliques que os seus anúncios vão receber. 

CPM - É para aqueles que buscam um maior alcance, para que sua página tenha mais visibilidade, pois o objetivo é fazer com que o anúncio apareça mais vezes. 

Ou seja, o objetivo de um é gerar cliques para o seu site e o outro é simplesmente ter uma maior visibilidade. 

2 - Por que investir em tráfego pago? 

Essa é a maneira mais efetiva de gerar vendas e leads pela internet. Com o investimento em anúncios, os resultados são obtidos de forma mais rápida, atingindo o cliente no mesmo tempo em que eles estão precisando ou procurando certa coisa. 

Em mercados muito específicos, é uma ótima opção, pois existem diversas configurações de segmentação, possibilitando atingir pessoas com características mais limitadas, ou seja, você consegue selecionar o público-alvo para o seu anúncio. 

Em geral, uma função bastante usada para quem quer interagir com um pequeno nicho. 

É comum ficar nas primeiras posições do ranking de pesquisa nos mecanismos de busca. 

3 - Quais são as principais ferramentas?

Como foi citado acima, existem diversas ferramentas que possibilitam gerar anúncios, as principais são: 

  • Google Ads: com ela é possível criar anúncios de pesquisa, de Display, Youtube e Gmail, feito por busca ativa do usuário por palavras-chave, imagem e texto para sites parceiros, gmail e em aplicativos. 
  • Facebook Ads: é a ferramenta da família Meta, que inclui o tráfego pago para o próprio Facebook, Messenger e Instagram, e também aqueles que levam a uma conversa no Whatsapp. 
  • Instagram Ads: Com este, é possível gerar anúncios para a rede social mais visual do mundo. Utilizando o formato de fotos, vídeos, fotos em carrossel tanto para o feed quanto para stories.
  • Anúncios no Youtube: São aqueles mesmo, que todos reclamam que atrapalham na exibição de algum vídeo, porém, assim como era feito antigamente, o anúncio do Youtube funciona como uma propaganda de TV, e é uma das formas mais conhecidas de tráfego pago. 
  • LinkedIn Ads: Nessa rede social, você consegue gerar campanhas para as oportunidades de negócio ou de aprendizado. 

Não existe uma grande diferença entre um e outro, se você aprender a criar os anúncios em um desses, não terá dificuldades para criar nos outros. 

4 - Como obtenho retorno com o tráfego pago?

Para obter retornos com o tráfego pago, o cliente é encaminhado para páginas de conversão, assim fica mais fácil de mensurar os seus resultados. 

Além disso, você pode levar os seus visitantes para a página inicial do seu site. No entanto, faz mais sentido que ele seja encaminhado diretamente para uma Landing Page ou a uma página de vendas. 

Com essas informações, é possível alcançar grandes resultados com as vendas no seu negócio. 

5- Diferença entre Tráfego Pago x Tráfego Orgânico 

Esse tipo de tráfego é diferente do pago, como vimos acima, o tráfego orgânico corresponde ao número de visitas que um site ou um blog tiveram de forma espontânea, não é necessário fazer um investimento em dinheiro para obter resultados dessa maneira, tipo de tráfego diferente do pago.

A vantagem é que não é preciso fazer um investimento para gerar retorno, porém, o prazo é maior do que quando é gerado um anúncio. Um grande benefício do orgânico é que ele garante uma audiência engajada e fiel, sempre estão ali.

Ou seja, diferente do tráfego pago, as vendas e leads não vêm de anúncios. 

O que é legal, é juntar os dois e criar uma estratégia de marketing digital para obter um resultado melhor, mantendo sempre a qualidade dos conteúdos para ambos.  

6- Quanto devo investir em tráfego pago? 

Primeiro precisamos entender e avaliar o seu Objetivo de Marketing para realizar a mídia paga, como por exemplo, mais vendas no site, mais engajamento nas redes sociais, mais visualizações, mais leads. 

Entendendo o seu objetivo, cria-se um anúncio personalizado para que os resultados sejam de acordo com o que você almeja. 

É arriscado dizer o quanto você deve investir para chegar ao resultado desejado, existem muitas variáveis, depende do seu objetivo de marketing e o tipo de resultado que deseja alcançar. 

Tudo depende das estratégias e do tempo que pretende investir. Porém, investir um valor baixo inicial não permite que os testes sejam realizados com tanta agilidade por conta da demora dos resultados, podendo assim, levar algum tempo para encontrar o seu formato. 

Não existe um valor específico para você começar a anunciar, você pode colocar o valor que preferir, mas não devemos esquecer que valores muito baixos podem ter uma demora muito grande para alcançar o resultado desejado.

ilustração pessoas conversando

7- Como criar um tráfego pago 

A facilidade do tráfego para todas as plataformas é que não existe a necessidade de inserir nenhum intermediário para realizar as suas campanhas. Você mesmo pode se cadastrar, configurar sua conta e criar seus anúncios, não exige tanto conhecimento técnico. 

As próprias plataformas disponibilizam um ótimo suporte para você aprender e criar suas campanhas de uma forma mais intuitiva, podendo você mesmo criar os próprios anúncios e aprender de forma rápida como funciona.

Porém, é importante pensar que alguém que já tem a capacidade para realizar esse trabalho pode trazer para sua marca resultados de forma mais rápida. 

8- Possibilidade de analisar métricas

Com o tráfego pago, você consegue analisar as métricas para que você consiga otimizar as campanhas que estão rodando no momento, cada plataforma tem a sua maneira de analisar, com isso monitorando o desempenho de cada anúncio em tempo real. 

9- Prospectar novos clientes 

Aumentando a visibilidade do seu produto, conseguindo atingir diferentes públicos, é possível atrair novos clientes que ainda não tiveram contato com seu negócio, gerando novas vendas e resultados maiores de forma rápida. 

10-  Melhora a taxa de conversão 

Com a utilização dos anúncios você também aumenta sua taxa de conversão, fazendo os leads, que estão na última fase do funil de vendas, virarem conversões. 

Por exemplo, quando um determinado usuário faz uma pesquisa específica na internet, ele já entendeu do que precisa e está buscando uma solução

Escolhendo corretamente as palavras-chave, é possível ampliar as conversões, entregando conteúdo e solução no momento certo. 

Agora que aprendemos sobre como funciona e os benefícios dele para o seu negócio, podemos entender a importância das campanhas para o seu negócio e como tornar os seus anúncios mais efetivos, e, ter uma empresa especializada que faça isso pode te ajudar, nós da Gravity temos os melhores profissionais aumentar suas vendas no mercado digital! 

Agência de Marketing Digital

Etiquetas: Google Ads, Marketing Digital

Aprenda Marketing Digital em pequenas doses

Você pode vender mais aprendendo Marketing Digital aos poucos. Assim não perca tempo preencha as informações e receba informações que irão se transformar em faturamento para seu negócio.

ebook cc (1)